Acho que ainda não falei sobre mim...Enfim, sabe aquelas garotas "estranhas", no meu caso diferente, que apenas no seu pensamento ela é aquela guria anti-social que se senta num cantinho da sala fica com seus fones, seus livros e esquece o mundo ao seu redor? Pronto, esse é o meu verdadeiro eu. Mas, em meio a tanta coisa não se pode mais ser quem você é, porque existe certas coisas que para conseguir é preciso se enturmar e cooperar com trabalhos em grupos, pois não se consegue vitórias sem esforços. Mas tudo na vida pode ser mudado num simples piscar de olhos como todos falam, então eu fico pensando se eu não posso mudar tudo assim do nada, porque isso tudo me incomoda, tipo, não aguento mais me esconder, quero apenas ser eu mesma, eu fico pensando "será que os meus sonhos deixarão de se realizar?", a vida é tão curta cara.
Ah, e se você pensou que eu tenho medo da morte, se enganou, na verdade mesmo, eu tenho medo da vida, porque a morte é uma consequência da vida, não tem como morrer se você não estiver vivo, mas custa lembrar que você somente atrairá a morte dependendo de suas escolhas diárias de vida, ainda não se sabe ao certo, claro, quantas escolhas são tomadas antes da morte, no meu caso espero que tome boas escolhas porque quero viver bastante, para aprender mais e ensinar também...
Enfim, criei este blog na verdade porque tenho um sonho (não vou contá-lo), e para esse sonho se realizar preciso primeiro antes de tudo liberar um pouco do que quero mostrar, pois se tenho vontade de expressar palavras que se encaixem e toquem até tua alma tenho que começar a me expressar de formas diferentes, pois como minha timidez me bloqueia muito acabo não falando tudo que me vem à tona. Bom, acho que é isso, esse blog é apenas uma das formas que achei de me expressar, obrigada se você leu até o final, sei que não foi tão pequeno, rs.